Make your own free website on Tripod.com

11.3.Intoxicação por Monóxido de Carbono (CO)

A intoxicação por monóxido de carbono é um acidente muito comum em casos de incêndios e em locais fechados onde há queima de combustíveis, como, por exemplo, garagens de automóveis e banheiros com aquecedores domésticos. O CO é um gás bastante presente no dia-a-dia da população e suas características principais são não ter odor nem gosto e cor, o que o torna extremamente perigoso. A intoxicação se dá com a combinação do gás CO com a hemoglobina do sangue, impedindo que esta leve oxigênio para as células e é conhecida como asfixia química. O tratamento de casos agudos de intoxicação só pode ser feito em hospitais.

Sintomas

Tratamento

Lembrar que, em qualquer incêndio, por menor que seja, há presença de CO no ambiente. Portanto, não entrar e não permitir que pessoas adentrem em áreas poluídas por gases sem proteção respiratória, através de máscara autônoma (EPR). Máscaras filtrantes e ingestão de leite são totalmente ineficazes neste caso.

Ao atender ocorrência de intoxicação, o bombeiro deverá procurar identificar o agente do envenenamento, informando o Centro de Comunicações e solicitando informações, em caso de dúvida. Cabe ao Centro de Comunicações fazer o contato necessário com o Centro de Toxicologia para obter informações.

O bombeiro deverá ainda manter os sinais vitais da vítima, evitar o estado de choque e conduzi-la com urgência a um hospital especializado.